Primeiro curso de surf, verão de 1966

Cultura Surf Fev 16, 2019

Por Zeca Proença.

O texto abaixo foi publicado em 1966 e divulgava o primeiro curso de surf, ministrado pelo "Sr. Mario Brant", mais conhecido como Mario Bração. Segue o texto na íntegra:

Surf começa no Arpoador: Curso além de 10 anos

Quem tiver mais de dez anos de idade, souber nadar e tiver paciência para esperar a onda, já pode aderir ao Surf, inscrevendo-se no Primeiro Curso de Experiência do novo esporte, a qualquer hora do dia, no Arpoador, com o sr. Mario Brant (Mario Bração, Pranchas  Aloha).

O curso será ministrado pelos Campeões Jorge Bally, Alexandre Bastos e Armando Serra, nos horários de 9 às 12 e 16 às 18 hs. As aulas serão iniciadas, amanhã, e se prolongarão durante todo verão. E como as praias estarão cheias, é possível, segundo o sr. Mario Brant, que os alunos se iniciem também nas ondas da Barra da Tijuca.

Nenhum principiante vai ficar mais de uma hora na Escola, para não cansar, como informou o coordenador do curso. Também não precisara levar prancha. O curso garante o material necessário até que o aluno adquira prática no fino trato com as ondas, que podem ser do tipo Havaí (ondas grandes) e Califórnia (ondas pequenas).

O material didático também é de dois tipos: as pranchas Gun, para ondas do tipo Havaí e as Hot Dogging, para as do tipo Califórnia. O curso vai custar Cr$ 6 mil por aula e as inscrições poderão ser feitas também na Casa Magno, na Rua Gomes Carneiro.

Verão de 1966, Arpoador, a origem do Surf Brasileiro.
Jorge Magno Lima, o dono da Magno Surf entregando prêmio para Maraca.
Rafael Gonzales (Rafinha), Mario Bração e Ceceu

Zeca Proença

Zeca Proença

Great! You've successfully subscribed.
Great! Next, complete checkout for full access.
Welcome back! You've successfully signed in.
Success! Your account is fully activated, you now have access to all content.