O início: Pepê passando do limite!

"... Seria mais correto dizer que ele é um desses prodígios do esporte que aparece de tempos em tempos. Desde pequeno ele confessava não ter muitas pretensões de ser um grande campeão. Amava o surf, a natureza e os esportes que lhe davam uma sensação de liberdade. Pepê sempre disse que fazia cada uma de suas atividades por prazer."
Fluir - A História do Surf no Brasil, 1989
09/11/2006 Publicada por Coyote

Marco Telles

Marco Telles