Museu Internacional do Surf - Cabo Frio

Cultura Surf Jun 09, 2020

O Museu Internacional do Surf foi fundado pelo ícone carioca e apaixonado pelo surf Telmo Moraes, a partir de um acervo particular construído com muita paixão por ele.

Nasceu em 18 de agosto de 1952 e em Cabo Frio criou 4 dos seus 5 filhos, cidade onde com muita luta e persistência, conseguiu fundar o seu sonhado museu para compartilhar "obras" como a primeira prancha feita para a Mavericks, uma prancha Hobie Gary Propper ou peças doadas e autografadas por estrelas do surf como Victor Ribas, que é cabo-friense, o brasileiro Gabriel Medina, campeão mundial da ASP World Tour de 2014 e os recém medalhistas do Pan Americano, realizado em Lima 2019.

Telmo Moraes foi um sonhador que contagiava a todos nós. Cada vez que "esbarrava" com ele, seja na Surf City, na rua ou, com mais frequência nos mercados locais (rs), era impossível não ficar por horas ouvindo suas falas empolgadas das últimas novidades que tinha para o seu museu, que "agora vai", dizia. E para quem falava que ele era "show de bola", de bate-pronto respondia:

"Show de bola não! Show de surf!"

Telmo Moraes viveu para o surf e faleceu de falência múltiplas dos órgãos em 19 de agosto de 2018, deixando imenso legado para as próximas gerações.

Great! You've successfully subscribed.
Great! Next, complete checkout for full access.
Welcome back! You've successfully signed in.
Success! Your account is fully activated, you now have access to all content.