Tutorial de Canoa Va'a - Partes e suas funções

A canoa Va'a é uma modalidade de esporte que vem conquistando cada vez mais adeptos no Brasil. Como existem muitas dúvidas entre os iniciantes, estaremos publicando uma série que formará um "Tutorial de Canoa Va'a". As informações foram gentilmente cedidas pela Profª Cláudia Sá, responsável e treinadora da equipe Kahala Wa'a de Canoa Polinésia, em Cabo Frio/RJ.

Antes de começar o tutorial, é bom saber que a canoa Va'a é conhecida por outros nomes, sendo os mais populares:

  • Wa'a;
  • Canoa Polinésia
  • Canoa Havaiana
  • Outrigger Canoe

Neste tutorial, optamos por usar o nome Va'a por ser o mais difundido no Brasil. Incluímos no final, a lista com todos os capítulos da série.

Se você tem alguma dica, correção ou atualização, por favor, deixe seu comentário abaixo ou envie uma mensagem através de nosso formulário de contato.

Origem da Canoa Va'a

As canoas eram parte essencial na vida das civilizações do Oceano Pacífico: Malásia, Nova Guiné, Indonésia, Filipinas, Austrália, Sudeste da Ásia, Sibéria e Américas.

As jangadas de bambú com velas feitas de junco foram utilizadas na colonização das Filipinas e ilhas da Indonésia e posteriormente a Melanésia e Austrália. Vinte e cinco mil anos se passaram para que a tecnologia maritíma permitisse a chegada dos primeiros colonizadores na Polinésia.

Os primeiros "Va'as" surgiram há mais ou menos 3.000 anos ao se conectar dois cascos com vigas e amarras. Essa solução foi muito utilizada pelos polinésios em suas investidas por mar aberto.
Viagem de Canoa Havaiana - Aquarela - Rena Ekmanis Viagem de Canoa Havaiana - Aquarela - Rena Ekmanis Entre no papo abaixo.

O casco com dois estabilizadores embora utilizado em rios e ao longo da costa se mostrou limitado pois quando o mar estava agitado o casco ficava literalmente pendurado entre duas vagas, sofrendo fadiga excessiva na sua estrutura. O casco com um flutuador, originado nas Filipinas e Indonésia, foi à última e mais avançada das soluções pois se provou estável e muito mais veloz que as soluções anteriores.

Tipos de Canoa Va'a

O Va'a atual, descendente das antigas canoas de pesca havaianas, se divide em duas categorias distintas: categoria remo e vela e a categoria remo. A embarcação usada nas duas modalidades é basicamente a mesma, sendo que, na competição à vela são adicionados um segundo flutuador e um mastro, que suporta uma vela triangular muito semelhante à de uma jangada brasileira. Já na categoria remo, duas classes de Va'a disputam os melhores tempos: a classe Malia e a classe Long-Boat. A classe Malia tem sua origem na embarcação de madeira koa, criada por Takeo-Yamasaki, em 1933. Em 1954, o primeiro molde em fibra de vidro, feito por Toots Minville no Havaí, surgiu de uma variação do Malia. Kawelea, de Newport Beach, Califórnia, foi o primeiro Va'a em fibra de vidro a competir em Molokai, no ano de 1960. Em meados dos anos 70, um novo estilo de canoa foi desenvolvido no Havaí sob a influência das embarcações taitianas. Mais compridas e estreitas, ao ganharem a prova Molokai - Oahu em 1976, as Long-Boats acabaram por justificar o apelido de foguetes.
Claudia Sa - Canoa Kai Ohana - Cabo Frio/RJ Claudia Sa - Canoa Kai Ohana - Cabo Frio/RJ. Entre no papo abaixo.

Logo, começaram a surgir novos modelos no Havaí e Califórnia. São eles: Havaiian Class Racer, desenhado por Joe Quigg, com apoio de Walter Guild; Bradley, projetado por Sonny Bradley; Force 5, projeto conjunto de Walter Guild e Brent Bixler; Pacific Islander, projetado e construído por Dennis Campbell. O único Va'a construído em fibra de carbono é projeto de John Gage na Flórida.

Veja a seguir a lista completa dos capítulos da série "Tutorial de Canoa Va'a"

  1. Partes e suas funções (05/04/2017)
    . Origem da Va'a
    . Tipos de Va'a

  2. Como montar (08/04/2017)
    . Nivelamento da Va'a
    . Amarras
    . Diferentes condições de mar
    . Nível de experiência da equipe
    . Ferramentas e material

  3. [Remos]
    . Tipos de remos
    . Tamanhos e como selecionar

  4. [Baldes e vasilhas de limpeza]
    . Tipos
    . Posicionamento na embarcação
    . Como fabricar

  5. [A remada]
    . Fases da remada
    . Aproveitamento e eficiência

  6. [Remadores e funções]
    . Cadência
    . Sincronia
    . Equilíbrio
    . Troca de lado
    . Retirando água
    . Comunicação
    . Leme

  7. [Revezamento]
    . Tipos de revezamento
    . Etapas da troca
    . Posicionamento na água e na embarcação

  8. [Huli]
    . Como evitar
    . Evitando ferimentos
    . Função de cada remador

  9. [Tornando a embarcação segura]
    . Salva-vidas
    . Cuidados com a Va'a

Chega mais e troque uma ideia