Tutorial de Canoa Va'a - Como montar

Este post faz parte de uma série que formará um "Tutorial de Canoa Va'a". Incluímos no final, a lista com todos os capítulos da série.
Se você tem alguma dica, correção ou atualização, por favor, deixe seu comentário abaixo ou envie uma mensagem através de nosso formulário de contato
.

Nivelamento

O nivelamento deve ser feito em águas calmas com a equipe dentro da embarcação. O iako deve ser preso à wae com câmeras de pneu presas sem muita pressão. Uma vez na água deve se utilizar um nível para ajustar o ângulo do iako em relação à canoa. Esse ajuste é feito com a inserção de calços de madeira entre o kua iako (parte do iako que sobrepõe a wae) e a wae. Em caso de provas com revezamento ou com mar agitado é comum adicionar cerca de 5 a 10 litros de água à canoa pois na prática sempre haverá um certo acúmulo de água na embarcação.
Uma vez feito o nivelamento pode-se então prender as câmaras com mais pressão ou até fazer a amarra diamante. Partes da Canoa Va'a Partes da Canoa Va'a Entre no papo abaixo.

Amarras

As seguintes qualidades são indicadas para cordames:

  • Pouca expansão, para que não fiquem frouxas em pouco tempo.
  • Resistência média, pois é preferível que a amarra arrebente do que ocorra um dano mais sério à estrutura da embarcação.
  • Fácil manejo, maciez, flexibilidade e a qualidade de proporcionar um bom aperto sem que saia da posição.
  • Resistência ao sol, alguma resistência à luz solar e água salgada.
  • Contração, algum nível de contração é recomendado para que a amarra não saia da posição inicial após seca.

Podem ser utilizadas fibras naturais como o algodão. Porém o sisal e juta não são recomendados pois não apresentam as qualidades acima. O algodão é um excelente material porém requer alguns cuidados como lavar com água doce após a remada e proteger da luz solar intensa sempre que possível.

Além dos cordames de fibras naturais há também os cordames sintéticos:

  • Nylon, o mais forte dos cordames sintéticos apresenta ótima absorção de impacto porém se torna 10% mais fraco quando molhado. Ao arrebentar pode gerar uma forte chicotada e soltar as amarras demasiadamente. Apesar de ser ótimo para rebocar embarcações não é indicado para as amarras.
  • Poliéster, o segundo na escala de resistência. Apresenta boa expansão e resistência ao sol. Por sua excessiva expansão e contração também não é recomendado.
  • Polipropileno, leveza e ótima resistência tanto molhado como seco. Expande e contrai mas não compromete as amarras. É o mais indicado.
  • Polietileno, apesar de sua qualidade em esticar e recuperar o comprimento, sua superfície escorregadia tende a fazer com que as amarras se desloquem e se sobreponham quando tensionadas. Não é indicado. Tipo de amarra Tipo de amarra Entre no papo abaixo.

Diferentes condições de mar

Em mar calmo é possível fazer uma amarra aproximando a ama da lateral. Calços de madeira devem ser colocados para compensar a mudança de ângulo. A ama mais próxima aumenta o desempenho e auxilia em curvas fechadas. Vale a pena observar que essa tática deve ser utilizada com cautela pois aumenta a possibilidade de uma capotagem, ou huli.
Em mares agitados é aconselhado uma amarra com distância superior à 80 polegadas de distância entre o pino do iako e a borda.
Para auxiliar a resistência do quadro formado pelos iakos e a ama é normal amarrar-se um cordame da metade do kapua'i dianteiro à metade do kapua'i traseiro.

Nível de experiência da equipe

Uma equipe com experiência em diversas condições de mar vai saber lidar com uma amarra mais rápida. Já no caso de novatos, uma ama justa à canoa pode oferecer um risco de capotagem que não compensa o ganho em desempenho.
Molokai Havai Molokai Havai Entre no papo abaixo.

Ferramentas e material

  • Trena ou metro.
  • 4 câmaras de pneu de bicicleta (aro 26).
  • 6 ou mais calços de madeira com 10 mm cada.
  • Nível (utilizado em obras).
  • Sacos de areia, pneus ou equivalente para calçar a ama.
  • 20 metros de cordame 6 mm para cada kua iako e 15 metros de cordame 4 mm para cada aha hoa wa'a.
  • Silver Tape (Duct Tape).
  • Faca.

Obs.: Para a amarração é necessário, no mínimo, 2 pessoas.

Veja a seguir a lista completa dos capítulos da série "Tutorial de Canoa Va'a"

  1. Partes e suas funções (05/04/2017)
    . Origem da Va'a
    . Tipos de Va'a

  2. Como montar (08/04/2017)
    . Nivelamento da Va'a
    . Amarras
    . Diferentes condições de mar
    . Nível de experiência da equipe
    . Ferramentas e material

  3. Remos (17/05/2017) . Tipos de remos
    . Tamanhos e como selecionar

  4. Baldes e vasilhas de limpeza (25/05/2017)
    . Tipos
    . Posicionamento na embarcação
    . Como fabricar

  5. [A remada]
    . Fases da remada
    . Aproveitamento e eficiência

  6. [Remadores e funções]
    . Cadência
    . Sincronia
    . Equilíbrio
    . Troca de lado
    . Retirando água
    . Comunicação
    . Leme

  7. [Revezamento]
    . Tipos de revezamento
    . Etapas da troca
    . Posicionamento na água e na embarcação

  8. [Huli]
    . Como evitar
    . Evitando ferimentos
    . Função de cada remador

  9. [Tornando a embarcação segura]
    . Salva-vidas
    . Cuidados com a Va'a

Chega mais e troque uma ideia