Tudo que é bom dura pouco.

Foi em 1971 que o surf recebeu um grande impulso. As praias do Rio de Janeiro estavam ficando poluídas. Havia um projeto faraônico de saneamento. Como parte apoiadora dos trabalhos, foi construido um pier em Ipanema. Uma draga e um guindaste tiravam areia da beira-mar onde eram assentados os tubulões. O plano falhou, mas para o surf foi demais.

Como tudo que é bom dura pouco, em pouco tempo descobriram que a obra era faraônica mesmo e sem sentido. Os engenheiros e responsáveis fecharam o escritório na praia, deram férias aos empregados e caíram fora do desastre. Com o tempo, desmontaram tudo e acabou-se o Pier...

Fluir - A História do Surf no Brasil, 1989

11/11/2006 Publicada por Coyote