Por Mano Melo

Tem sonhos que a gente quer
Que quanto mais se busca mais foge
Vai se derramando uma chuva ao longe
A gente pensa que está tudo nascendo
Mas é só do esforço de seguir vivendo

Aí vem uma luz que brilha dentro e corre
Aí vem uma voz que chama dentro e morre

De tudo que a gente quer
A gente mais quer quando sente
Que tudo do mundo está dentro da gente
Olhamos para as cores e vemos que tudo é lindo!
É só da vontade de seguir sorrindo

Aí vem uma luz que chama dentro e cresce
Aí vem uma voz que acalanta e aquece
O sonho de amar que faz seguir amando
Dá vento ao barco pra ir navegando

Mãe linda embalava olhando as ondas
Do mar encantado
O barco do tempo foi pescar noutro lado
Cantou pássaro da sorte no pé de coqueiro
Saudade dançou na chama do candeeiro

Barco do tempo
Passa no vento
Barco barco do tempo
Passa passa no vento